Enduro FIM | Vídeos e Relato do Mundial de Enduro WEC em Portugal

KTM mostra sua força no WEC

KTM mostra sua força no WEC

Começou a temporada 2009 do Campeonato Mundial de Enduro !! As estrelas da modalidade se encontraram neste último final de semana, dias 21 e 22 de Março, em Panafiel, Portugal, para o primeiro desafio da temporada, o Grande Prêmio Polisport de Portugal. E este foi o evento que marcou o início de uma nova era no mundial de enduro.

Pela primeira vez na história da competição foi disputado um prólogo na sexta-feira de noite, bem no estilo Rally, mas claro, com características de enduro, como mostra a foto. O circuito era uma mistura de Cross Test com Extreme Test, e outra diferença é que no prólogo não houve separação de resultados por categoria, os pilotos se enfrentaram todos contra todos.

O prólogo foi chamado de KTM Super Test, e quem venceu foi o sueco Joakim Ljunggren (Husaberg), com os espanhóis Ivan Cervantes (KTM) em segundo e Cristobal Guerrero (Yamaha) em terceiro. A largada oficial da 1ª etapa foi sábado de manhã, onde os pilotos teriam que completar 4 voltas em um circuito de 50 km de extensão.

PRIMEIRO DIA DE PROVA

Categoria Enduro 1
O finlandês Mika Ahola (HM), com um desempenho muito regular no Extreme Test e aproveitando-se de erros dos seus adversários no Test Especial, foi o vencedor da categoria no primeiro dia de competição, com 1 minuto de vantagem sobre os demais. O francês Antoine Meo (Husqvarna) ficou com a segunda posição, à frente do italiano Simone Albergoni (KTM), terceiro colocado. Após dominar o começo da corrida nos testes especiais, o francês Marc Germain (Yamaha) perdeu muito no Extreme Test, e acabou finalizando na quarta posição. Outro autor de um bom começo de corrida, o finlandês Eero Remes (KTM) perdeu cerca de 1 minuto em um Enduro Test e por conta disso teve que se contentar com a quinta posição.

Categoria Enduro 2
Um dos favoritos ao título da categoria, o finlandês Juha Salminen (BMW) parece ainda não se sentir à vontade em sua nova motocicleta, a BMW. Com essa falta de adaptação, não passou de um quinto lugar neste primeiro dia. Em contrapartida aos problemas de Salminen, o francês Johnny Aubert (KTM), novo contratado da KTM para a temporada 2009, estreou em grande estilo na nova equipe, vencendo com 1 minuto e 24 segundos de vantagem sobre os demais. A disputa pelas demais posições foi interessante. Mostrando mais regularidade que os demais desde o início do dia, o italiano Alessandro Belometti (KTM) ficou com a segunda posição, à frente do francês Rodrig Thain (TM), que ficou com o último degrau do podium, e do polonês Bartosz Oblucki (Husqvarna), quarto colocado.

Categoria Enduro 3
Em seu retorno a categoria das motos de grande cilindrada, o espanhol Ivan Cervantes (KTM) deu um show neste primeiro dia, dominando de ponta à ponta do início ao fim da etapa, vencendo com 28 confortáveis segundos de vantagem sobre seu companheiro de equipe, o finlandês Samuli Aro (KTM). O francês Sebastien Guillaume (Husqvarna) ficou com o último degrau do podium, à frente do seu conterrâneo Christophe Nambotin (GAS GAS), e do italiano Fabio Mossini, quarto e quinto colocados respectivamente. Seguindo o exemplo do seu companheiro de equipe Juha Salminen, o inglês David Knight também enfrentou problemas na adaptação com sua nova BMW, e não passou da sexta posição nesse primeiro dia.

Categoria Enduro Júnior
Na categoria que revela futuros campeões para o enduro, a Espanha fez dobradinha, com Oriol Mena (Husaberg) em primeiro, e Lorenzo Santolino (KTM) em segundo. O francês Sebastien Bozzo (Husqvarna) ficou com a terceira posição.

SEGUNDO DIA DE PROVA

Após um exaustivo primeiro dia de competição, as estrelas do mundial Enduro não tiveram refresco, e no segundo dia partiram para mais 4 voltas de 50 km cada uma.

Categoria Enduro 1
Após a vitória esmagadora do finlandês Mika Ahola no primeiro dia, seus adversários decidiram reagir no segundo dia. Os italianos Thomas Oldrati (KTM) e Simone Albergoni foram as maiores provas dessa reação, com Albergoni finalizando em segundo e Oldrati em terceiro. O conterrâneo de Ahola, Eero Remes (KTM) ficou com a quarta posição. Mas nenhuma reação foi o suficiente para conter mais uma vitória dominante de Mika Ahola. O piloto da equipe HM Honda não sofreu pressão em nenhuma das cronometragens, e ao final, venceu de ponta à ponta novamente, com 35 segundos de vantagem sobre os demais.

Categoria Enduro 2
Desapontado com o 5º lugar no sábado, o finlandês Juha Salminen voltou disposto a recuperar o prejuízo no domingo. Após uma excelente primeira volta, quando completou a mesma entre os três primeiros, Salminen cometeu um erro no Extreme Test que lhe custou muito tempo e posições. Por causa disso, não passou da 6ª posição ao final do dia. Mais uma vez a vitória ficou com o francês Johnny Aubert (KTM), e mais uma vez, repetindo o feito do primeiro dia, ele dominou d forma impressionante, terminando a etapa com 1 minuto e 29 segundos de vantagem sobre seus demais concorrentes. O espanhol Cristobal Guerrero (Yamaha) ficou com a segunda posição, e o francês Rodrig Thain (TM) completou o podium na terceira posição. O italiano Alessandro Belometti (KTM) foi o quarto colocado.

Categoria Enduro 3
O segundo dia da categoria Enduro 3 foi marcado pelo abandono do inglês David Knight da equipe BMW, com problemas mecânicos em sua moto. Um começo de temporada frustrante para a equipe BMW com os péssimos resultados de Knight na Enduro 3 e Salminen na Enduro 2. Repetindo o resultado do primeiro dia, o espanhol Ivan Cevantes (KTM) ex companheiro de equipe de Knight na KTM, venceu novamente, desta vez com 44 segundos de vantagem sobre os demais. A segunda posição ficou com o francês Christophe Nambotin (Gas Gas), com seu conterrâneo Sebastien Guillaume (Husqvarna) completando o podium em terceiro.

Categoria Enduro Júnior
A Espanha mais uma vez provou ser um seleiro de novos talentos do Enduro, e mais uma vez fez dobradinha na categoria das revelações, desta vez com vitória de Oriol Mena (Husaberg), e Lorenzo Santolino (KTM) na segunda posição. O terceiro lugar ficou com o francês Jeremy Joly (HM Honda).

Brasileiro Felipe Zanol
O piloto mineiro Felipe Zanol abriu com o pé direito a disputa do Campeonato Mundial de Enduro FIM 2009. Único brasileiro na competição, ele terminou os dois dias de prova em décimo lugar. Zanol, que já faturou no ano passado o título do Campeonato Português busca uma colocação inédita. Para Zanol, o décimo lugar nos dois dias cumpriu bem o objetivo dele e da equipe, o Team CRN / Motofundador. “Foi uma corrida bem cansativa. O calor esteve presente e nos desgastou muito. Para começar foi um ótimo resultado. Nosso objetivo era ficar entre os dez e conseguimos”, disse o piloto.

As próximas duas etapas do mundial de enduro 2009 (3ª e 4ª etapas) acontecem no próximo final de semana, dias 28 e 29 de Março, com o grande prêmio de Igualada na Espanha.

Calendário do Campeonato Mundial de Enduro FIM :
2ª etapa – 28 de Março – Espanha
3ª etapa – 18 de Abril – Itália
4ª etapa – 13 de Junho – Finlândia
5ª etapa – 20 de Junho – Eslováquia
6ª etapa – 18 de Julho – México
7ª etapa – 29 de Agosto – Grécia
8ª etapa – 12 de Setembro – França

Texto by Renato Dalzochio Jr.
Colunista do site www.mundocross.com.br

Videos: Enduro Portugal

VN:F [1.9.22_1171]

O que achou? Avalie

Rating: 0.0/5 (0 votes cast)

Comments

  1. VINICIUS SILVINO ZANETE says:

    parabens

  2. Www Hugobarros Trilha says:

    pesado demais aiii viu!!!

Speak Your Mind

*