XR 250 Tornado Honda | Moto de Trilha

tornado vermelha XR 250 Tornado Honda | Moto de Trilha

Lançamento em 2001 as Honda XR 250 Tornado foi por um bom tempo a princípal moto Off-road nacional. Apesar de aposentada em 2008 a moto é ainda bastante usadas em trilhas. Vamos às suas caracteristicas.

A XR 250 Tornado recebeu motor de concepção esportiva, de 250cc, DOHC de quatro válvulas e duplo comando no cabeçote, monocilíndrico, quatro tempos. O propulsor tem funcionamento macio, com baixo nível de vibrações, e transmite sensação de força, leveza e agilidade no off-road. A boa performance é garantida ainda pelo câmbio de seis marchas, proporcionando melhor aproveitamento da potência. Além disso, o modelo traz bateria selada (isenta de manutenção) e inovadora balança em alumínio.

Como a prática do off-road exige também resistência e versatilidade da moto. Assim, a Honda equipou a  XR 250 Tornado com defletores para proteger o tanque que além de protegê-lo, garantem o desvio de ar para o pequeno radiador de óleo e ainda contribuem para o visual, além de tampas laterais bipartidas, ambas de plástico. O maior destaque fica por conta do banco esguio e da carenagem bem integrada ao pára-lama dianteiro. O chassi tem maior rigidez torcional, do tipo berço semiduplo. A posição de pilotagem é típica off-road esportiva e confortável, com o guidão melhor posicionado e o assento encaixado de maneira natural sobre o tanque.

O sistema de suspensão foi projetado para superar com facilidade todas as adversidades do terreno oferecendo maior equilíbrio e melhor absorção de impactos. Na traseira, a suspensão Pro-link, com inédita balança em alumínio, além de grande estabilidade permite manter o pneu sempre em contato com o solo. Neste modelo é possível ainda a regulagem de altura em duas posições: 840 mm e 880 mm. Denominado DHS (Double High Sus), esse sistema permite ao usuário escolher a altura ideal do assento, adequada à sua estatura ou ao tipo de uso. Na dianteira, os cilindros de 41 mm de diâmetro e curso de 245 mm oferecem maior estabilidade, resistência à torção e grande capacidade de absorção de impactos.

Outro destaque é o inédito painel de instrumentos digital, com hodômetro total e parcial, luzes indicadoras (neutro, farol alto, descanso lateral e piscas) e interruptores de fácil acesso. A lanterna traseira possui refletores multifocais. Que apesar de ser completamente inútil na trilha é bem bacana pra quem anda sentado na cidade.

Como Preparar a XR 250 Tornado:

Comece tirando os piscas, retrovisores e as pedaleiras do garupa. O Farol, a lanterna traseira e o painel digital são bem protegidos e podem ser deixados. Substitua os pneus e a relação, a de 13/49 é muito boa, coloque protetores de mão e a sua Tornado já está preparada para aquela trilha de fim de semana.

Agora, se você quer deixar ela ainda melhor, vai ai uma lista do que pode ser mudado ou melhorado na moto:

  • Guidão: se você não quer ter dor de cabeça ou voltar para casa com a moto meio torta, substitua o guidão, o TAG X5 apesar de ser meio caro, não precisa de adaptação e é forte o bastante para agüentar fortes pancadas, além de favorecer a posição de pilotagem.
  • Protetor de Motor: protege a parte inferior do motor contra todo tipo de pancada.
  • Tanque de Plástico: garante maior autonomia, deixa a moto mais leve e evita desgaste do tanque original (lógico).
  • Filtro de Ar: substitua o original, de papel, por um de espuma, que facilita a limpeza e não se perde no caso de uma eventual molhada.
  • Freio a Disco Traseiro: já que a Tornado não conta com um de fabrica, é possível usar o da Falcon, a adaptação é fácil e não exige gambiarras na moto.
  • Ponteira: em conjunto com um acerto no carburador e no filtro de ar faz com que a moto ganhe potencia e torque.
  • Suspensão: A suspensão traseira deve ser regulada na posição mais alta com o “pré-load” da mola apertado ao máximo. A dianteira pode ser aumentada em 5 cm com o uso de um calço no batente da mola. Além disso, já existem Kits de suspensão, inclusive um da Race Tech,  que melhoram e muito seu desempenho, ai vai do bolso de cada um.
  • Motor: também existem Kits para transformar a moto em uma 280cc, ai vale o bom senso.

Ficha Técnica da XR 250 Tornado:

moto XR 250 Tornado
motor DOHV, monocilíndrico, 4 tempos, arrefecimento a ar, com radiador de óleo
cilindrada 249 cc
torque máximo 2,42 kgf.m a 6.000 rpm
potência máxima 23,3 cv a 7.500 rpm
transmissão 6 velocidades (1-N-2-3-4-5-6)
embreagem discos múltiplo banhados em óleo
sistema de partida elétrico (motor de partida)
suspensão dianteira/curso Telescópica/245 mm
suspensão traseira com assento alto /242 mm, com assento baixo (opcional) / 224 mm
freio dianteiro a disco, hidráulico / diam. 240 mm
freio traseiro a tambor, mecânico / diam. 130 mm
tanque de combustível 11,5 litros (reserva 3,7 litros)
peso seco 134 kg
Ignição Ignição Eletrônica, CDI
Bateria selada, 12 V – 6 Ah
VN:F [1.9.22_1171]

O que achou? Avalie

Rating: 4.6/5 (56 votes cast)
XR 250 Tornado Honda | Moto de Trilha, 4.6 out of 5 based on 56 ratings